DESENVOLVENDO PARA ANDROID – Criação de Projecto

Standard

Nos últimos dois meses quando comecei a escrever pequenos posts aqui no blog, decidi começar a serie  sobre Desenvolvimento para android de forma a poder guiar os desenvolvedores que quisessem embarcar na aventura de desenvolvimento de apps para android. Já se passa muito tempo desde  o primeiro post e para quem não pode ler pode o encontrar AQUI.

Neste Segundo Post da serie irei escrever  sobre:

  • Como criar um projecto novo no Android Studio
  • Significado dos campos mais importantes que aparecem durante o wizard de criação de novo projecto
  • Estrutura do projecto
  • Ficheiro gradle de configuração do projecto .

Para começar é necessário que tenha instalado o Android Studio e o JDK 1.7. Depois de acabar o download e a instalação dos Itens acima, abra o Android Studio e para criar um novo projecto siga os passos abaixo:

new Project

Para criar um projecto novo basta clicar em  Start a new Android Studio Project.

NewProject-Name

A tela da imagem acima será apresentada e o android studio requer que preencha os campos:

  • Application Name: Este campo corresponde ao nome da nossa aplicação, o nome que irá aparecer debaixo do icon no launcher ou no playstore. Exemplo(SwipeColors, RadioMadeInMoz, etc).
  • Company Domain: Normalmente o domínio da empresa que criou a aplicação ou qualquer coisa a escolha do desenvolvedor como por exemplo a escolha do Mauro Banze em utilizar o swipeColor.maurobanze.com .
  • Package name: O package name é apenas o company domain invertido e fica o nome do pacote base onde estarão as classes do projecto e serve como uma das formas de identificação única da aplicação no play store. Voltando ao Swipecolors, para procurar a aplicação pelo package no playstore basta copiar e colar com.maurobanze.swipeColor.

De seguida e so clicar Next .

New Project- Min and Max SDK

O Android Studio irá apresentar uma tela como da imagem acima para que seleccione o Minimum  SDK  utilizar na aplicação.

O Minimum SDK a utilizar significa  a minima versão do android que nos queremos que a aplicação corra, isto é,  se escolheremos como mínima  a API 14 que corresponde a versão do android  4.0- Ice Cream Sandwish(ICS),  significa que para todos os dispositivos com uma versão menor (3.0-HoneyComb , 2.3-GingerBread) que a definida , a nossa aplicação não irá correr e dará erro pois existem funcionalidades não suportadas por estas versões.

Um dos exemplos  de uma funcionalidade que não existia nas API’s < 11 versão 3.0 HoneyComb  é a ActionBar(Veremos mais tarde) que antes das bibliotecas de supporte Sherlock e appCompat não era possível utilizar nas versões antecedentes a 3.0.

Apesar do Android studio sugerir que com a API 14 e possível atingir os  87.9% dos dispositivos activos no Play Store como mostra a imagem, a escolha deste depende de vários factores como o mercado em que se quer atingir. Se tomarmos em conta mercados como Moçambique que ainda temos vários dispositivos a venda com a versão 2.3 do Android,  podemos pensar em considerar escolher a API 8 e utilizar as fantásticas bibliotecas de suporte desenvolvidas pela Google e outros contribuintes no Github.

De seguida e so clicar Next.

A tela a seguir, o android studio pede para que seleccione o tipo de Activity que deseja que seja criada automaticamente. Para este post, escolha Blank Activity, de seguinda Next e na tela a Seguir clique Finish. Ao clicar o Finish, a tela da imagem abaixo será apresentada caso tudo tenha corrido como planeado.

New Project-Building Gradle

E após acabar o wizard e o Gradle fizer o build do projecto(Recomendo que tenha uma conexão a internet), o android studio irá abrir a área de trabalho apresentada na figura abaixo.

Project Structure Android Studio familiarity

 

A imagem acima mostra a  trabalho do Android Studio que contem esquerda uma área que permite navegar por toda as pastas , ficheiros do projecto e a direita uma área de edição de um determinado ficheiro. Para quem esta habituado a utilzar o eclipse existem aqui algumas diferenças a tomar em conta no que diz respeito a estrutura do projecto.

Todos os ficheiros do projecto estao situados dentro da pasta app e organizados da seguinte forma:

  • src (Java): A pasta src(sources), contem os ficheiros java com o código da aplicação. Como podem ver na imagem dentro desta pasta encontramos outras pastas  onde podemos dividir o código da  aplicação de acordo com as variantes em que nos queremos trabalhar.  Para o exemplo da  da imagem acima, temos o codigo principal da aplicação na pasta main e o código para realizar testes unitários na aplicação dentro da pasta androidTest.
  • res: A pasta res(resources) contem todos os recursos que precisamos na nossa aplicação como os drawables, layouts, value.
  • Android Manifest: O android manifest é um ficheiro que contem a declaração de componentes que utilizamos na aplicação. Sempre que criarmos uma Activity, Service, BroadcastReceiver etc, temos de fazer a declaração no android manifest.
Exepmplo da declaração da MainActivity no manifest.

Exepmplo da declaração da MainActivity no manifest.

  • build.gradle: O ficheiro build.grandle é uma das grandes novidades para quem estava habituado a utilizar o ant no eclipse. O ficheiro gradle possui as configurações sobre como o projecto deve ser compilado e a declaração das bibliotecas de que o projecto depende. O exemplo destas configurações são o Minimum e Target SDK version, versão da aplicação, nome da versão que antigamente encontravam-se no androidManifest.xml.  Até agora pode parecer meio complicado, mas ao longo da nossa serie veremos com mais detalhes e na pratica como utilizar este ficheiro. 🙂
Exemplo do ficheiro build.gradle gerado na criação do projecto.

Exemplo do ficheiro build.gradle gerado na criação do projecto.

Assim chegamos ao fim do post e espero ter conseguido passar da melhor forma possivel a informacao sobre como criar um projecto no android studio e as pequenas diferencas com o eclipse que tem confundido varios desenvolvedores iniciantes.

Obrigado pelo tempo gasto ao ler este post, e peco para comente abaixo para alguma questao e partilhe com amigos caso tenha o achado util e interessante. =)

D.M

Advertisements

7 thoughts on “DESENVOLVENDO PARA ANDROID – Criação de Projecto

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s